Naturals Brazil. prata e fungos.

PRATA COLOIDAL E CÂNCER

Postado em

Muitas pessoas estão usando a prata com a esperança de retroceder o câncer e outras vem a até nós para perguntar como usar.

É preciso esclarecer algumas coisas.

Há pesquisas enormes na Revista de Ciências Biológicas dos Estados Unidos, onde usando nano partículas de prata puras ou associadas a outras substâncias em testes em tumores, porém verifica-se que funciona em um ou outra inibindo as enzinas que fazem as células tumorais crescerem ou até atuando diretamente sobre elas.

Em alguma casos de câncer de próstata, de pele e de mama, em poucas células, pois há muito o que pesquisar sobre a prata coloidal e demais nano partículas metálicas.

Não há como fazer promessas de sucesso com base nessas pesquisas, pois cada pessoa é única e cada caso é um caso, porém sabe-se que ela atua bloqueando a multiplicação dos vírus, mata fungos e bactérias, inclusive várias super bactérias. Isso de fato ajudará muito, pois o paciente com câncer tem o sistema imunológico afetado profundamente, além do emocional que causa uma queda absurda da imunidade.

Também sabemos que alguns fatores como:

– Sangue ácido

– Metais pesados no sangue

– Fungos, vírus e bactérias.

– Vermes (parasitas em geral)

– Alimentação rica em gorduras saturadas, farinha de trigo branca e açucares.

– Deficiências minerais e vitamínicas, somadas, levam o individuo a ser um sério candidato a ter câncer.

Existe uma especialidade chamada Morfologia do Sangue vivo que pode curar ou dar qualidade de vida a pacientes terminais, onde faz-se uso da prata coloidal, suplementações e dieta adequada para eliminar “sujeira do sangue” e restaurar o equilíbrio do organismo.

Busque um profissional desse e consulte.

Com relação a prata, há uma reticência que se refere a dosagem:

TOMANDO A PRATA COLOIDAL EM ESTADOS GRAVES

Deve-se iniciar com doses baixas de 1 ml e ir aumentando a cada 3 ou 5 dias de Prata coloidal de 20 ppm. Por quê?

Como o paciente costuma estar com um ou mais patógenos, pode ocorrer a reação de Jarisch Herxheimer, que é uma reação parecida com uma alergia severa causa pelas toxinas que as bactérias eliminam, principalmente mortas e que satura a corrente sanguínea, o fígado e os rins que não conseguem eliminar tantos patógenos mortos de uma vez. Assim, sempre, em casos graves de câncer ou qualquer doença, inicie com doses baixas e vá aumento até no máximo 25 m dia.

Procure ingerir bastante água e probióticos.

Demais orientações somente com o médico de sua confiança ou morfologista do sangue vivo.

Dessa forma, esteja ciente que ajudará sim, se bem usada, porém há inúmeros fatores a serem observados, devido a gravidade da doença.

Devemos ser honestos com quem sofre de mentiras o mundo já está saturado.

Qualquer dúvida, estamos a disposição.

Naturals Brazil

PRATA MATA FUNGOS?

Postado em

SIM!!!

Também mata fungos e que tal saber como prata atua com os fungos?

Você viu nos posts anteriores que não mata os vírus, mas protege a célula impedindo que o vírus se reproduza e infecte a célula e assim seu organismo faz o resto. Você viu que nas bactérias oxida elas e as mata devido a sua carga elétrica . E como os fungos, o que acontece?

Num estudo do Departamento de Microbiologia da Faculdade de Ciências Naturais, Universidade Nacional Kyungpook, 1370 Sankyuk-dong, Puk-ku, Daegu, 702-701, Coréia do Sul, observou-se a atividade da prata coloidal na Candida Albicans. (http://www.sciencepub.net/newyork/ny0603/005_16485ny0603_27_34.pdf)

“Os efeitos antifúngicos de nano-partículas de prata (nano-Ag) e o seu modo de ação foram investigados. A prata mostrou seus efeitos antifúngicos sobre fungos testados com baixos efeitos hemolíticas contra eritrócitos humanos. Para elucidar o modo de ação antifúngica da prata, citometria de fluxo, um ensaio de libertação de glucose, a microscopia eletrônica de transmissão (MET) e a alteração na dinâmica da membrana utilizando 1,6-difenil-1,3,5-hexatrieno (DPH ), como uma sonda de membrana de plasma, foram realizados com Cândida albicans. Os resultados sugerem que a prata pode exercer uma atividade antifúngica por perturbar a estrutura da membrana celular e inibir o processo de gemulação (http://pt.wikipedia.org/wiki/Gemula%C3%A7%C3%A3o) normal devido à destruição da integridade da membrana. O presente estudo indica que a prata tem considerável atividade antifúngica, merecendo uma investigação mais aprofundada para aplicações clínicas.”

Portanto, assim como acontece com as bactéria:

a) Devido à liberação do íon prata na água ou no ar ambiente úmido, ocorre a ação catalítica deste íon destruindo a membrana plasmática das células das bactérias, pela diferença de potencial (eletropotência) entre a parte interna e externa das células.

  1. b) Outra ação do íon prata, no ambiente úmido (água ou ar), está em penetrar na membrana plasmática da célula bacteriana, destruindo seu citoplasma.

O mesmo processo acontece com fungos conforme mostra os estudos citados acima, interferindo na reprodução assexuada dos fungos.

Fontes:

– http://cdn.intechopen.com/pdfs-wm/9727.pdf

–  http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18756112

– http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19473014&usg=ALkJrhjbtoz20eeB3DwS5cz3d5jqG4Mjyg

– http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18769871&usg=ALkJrhhJSKyx-awBPktz7M-MItofykA5Gg

– https://books.google.com.br/books?id=7Otegtg_HdMC&pg=PA218&lpg=PA218&dq=Antifungal+effect+of+silver+nanoparticles+on+dermatophytes.Kim+KJ,+Sung+WS,+Moon+SK,+Choi+JS,+Kim+JG,+Lee+DG.&source=bl&ots=FjRBdch6eJ&sig=j8n6euIr1hBdTOF4aVdnMyaYULs&hl=pt-BR&sa=X&ei=lGo9VciZEsKfgwSL1YDgDA&ved=0CEcQ6AEwBg#v=onepage&q=Antifungal%20effect%20of%20silver%20nanoparticles%20on%20dermatophytes.Kim%20KJ%2C%20Sung%20WS%2C%20Moon%20SK%2C%20Choi%20JS%2C%20Kim%20JG%2C%20Lee%20DG.&f=false

– http://www.realtrade.com.br/portugues/prodbac/bacte1.html

–  http://www.quimica.ufpb.br/posgrad/dissertacoes/Dissertacao_Suelanio_V_Santana.pdf