Mês: junho 2016

Molusco Contagioso

Postado em

Você sabia que o Gel com Prata Coloidal ou a Prata Coloidal em Gel cura o molusco contagioso?

Sim, exatamente isso!

Molusco contagioso é uma doença viral da pele causada por um poxvírus, o maior vírus já encontrado, que mede cerca de 300 nm. É muito comum em crianças do que em adultos,que também podem ser contaminados. A doença é transmitida pelo contato direto com portadores da doença. O molusco contagioso também pode ser transmitido por via sexual, e nesses casos as lesões costumam aparecer na região genital ou anal.

É uma doença dermatológica causada pelo Molluscum contagiosum. Caracteriza-se por bolhas rosadas ou brancas pela pele em qualquer parte do corpo e podem coçar muito.

O vírus do molusco (molluscum contagiosum vírus), como foi dito, é um Poxvirus, parente do vírus da varíola. É o maior (300 nanômetros) e mais complexo vírus que infecta o ser humano. O vírus do molusco é de DNA bicatenar (dupla hélice), que se multiplica no citoplasma usando as suas próprias enzimas de replicação de ácidos nucleicos, utilizando apenas os ribossomas e o restante da maquinaria de síntese proteica da célula hospedeira. A sua área de replicação no citoplasma é visível ao microscópio óptico.

As lesões contenham milhões de partículas de vírus, a taxa de infectividade é pequena, porém real e rápida.  Nos pacientes imunodeprimidos (pessoas que têm uma diminuição das defesas do corpo), especialmente pessoas infectadas pelo HIV, as lesões podem ser disseminadas por todo o corpo, com grandes dimensões, acometendo intensamente a face, e em muitos casos são refratárias aos tratamentos.

O diagnóstico é por recolha de amostras do tumor, lesões, e observação microscópica. As células têm inclusões típicas.

O tratamento não é realmente necessário porque não há cura por medicação, porém deixa a área afetada com um aspecto muito desagradável ao paciente e se ele quiser podem ser removidas por pequenas cirurgias como curetagem, congelando com nitrogênio líquido ou com laser.

O tratamento geralmente é fácil e rápido, mas pode e deixar irritação, doer muito e deixar cicatriz no local.

Um tratamento alternativo pode ser feito utilizando-se pomadas de podofilotoxina(0,5%), cremes e sabonetes à base de calêndula, iodeto ou ácido salicílico à critério médico ou  tratamento alternativo com óleo essencial, porém não há certeza que durante o período não haja reaparecimento do molusco, além de ser extremamente demorado.

A Prata Coloidal em Gel é extremamente eficiente nesses casos, pois ao ser usado sobre as lesões, as partículas de prata ficam presas na pele e também penetram nas lesões atuando como no caso de todas as viroses, protegendo as células evitando reprodução do vírus e recontaminação. Onde o vírus não pode se reproduzir, ele acaba sendo exterminado e eliminado pelo próprio organismo que deve ser tratado durante o processo para que a imunidade seja aumentada.

Tratamento com a prata (mecanismo)

O tratamento com a prata pode ser demorado também, pois dependerá muito do estado das lesões, localização e estado do sistema imunológico da pessoa, porém é um tratamento eficaz a medida que combate a virose e previne recontaminação ao mesmo tempo.

A prata em gel é importante por causa da fixação da prata na pele, podendo ser em creme também.

 

Tudo isso só pode ser avaliado por um médico, pois é o profissional mais capacitado com recursos clínicos para diagnosticar e determinar o que será feito.

Ao se tratar com o gel, usa-se camadas finas na região tantas vezes quanto forem necessárias e determinadas pelo médico.

Não se deve expor a área com a prata ao sol, pois a prata é sensível aos raios UV e nem misturar outras substâncias com ela, usá-se somente ela na pele, pois muitas substâncias são iônicas e podem mudar as características do coloide de prata do gel ou a própria prata pode alterar a outra substância, por isso, melhor prevenir e seguir as regras de utilização da prata coloidal determinadas pelo FDA americano.

Leia mais sobre a #pratacoloidal, #moluscocontagioso #pratacoloidaleourocoloidal

 

CONSELHO DE SEGURANÇA DA PRATA COLOIDAL -CALCULADORA AUTOMÁTICA DE QUANTIDADE CONFORME O PESO.

Postado em Atualizado em

CONSELHO DE SEGURANÇA DA PRATA COLOIDAL -CALCULADORA AUTOMÁTICA DE QUANTIDADE CONFORME O PESO.

Anunciou a criação da Pyramid Segurança de prata, que é projetado para permitir que qualquer um facilmente determinar os níveis de utilização seguras de qualquer suplemento dietético contendo prata, normalmente referido como prata iônica ou prata coloidal.

O Comitê de Segurança prata é composto por médicos, professores de química e líderes mundiais em defesa da saúde-liberdade.

De acordo com Herbert Slavin, MD, diretor do Instituto de Medicina Avançada em Lauderhill, Florida, e um membro do Comité:

“Esta é uma área onde a confusão e preocupação desenvolvida desnecessariamente. Poucas coisas na vida são tão cut-and-dried como o fato de que a prata é completamente seguro quando usado dentro dos limites normais. O governo dos EUA fornece uma orientação muito clara para a ingestão oral segura de prata. Nós simplesmente forneceu um método fácil para aplicar essa orientação para o uso seguro de qualquer produto de suplemento de prata “.

A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos tem uma diretriz chamada Dose de referência (RFD) para os limites de segurança no consumo diário de prata. orientação RfD da EPA é destinado especificamente para manter a ingestão de uma pessoa de prata abaixo do nível que poderia descolorir a pele.

Diz Jeffrey Blumer, MD, Ph.D., diretor do Center for Research Drogas, o maior centro de pesquisa clínica do mundo para medicamentos pediátricos, e ex-diretor do Greater Cleveland Poison Control Center:

“Substâncias comuns como o sal de mesa e aspirina são inofensivos com o uso normal, mas o consumo excessivo pode se tornar tóxico e até mesmo risco de vida. Com o uso responsável normal, suplementos de prata são totalmente inofensivo para os seres humanos.”

A pirâmide de Segurança prata é baseado em prata Orientação de Segurança da Comissão, que recomenda que a ingestão de uma pessoa de prata dos suplementos dietéticos ser limitada a 25 por cento do limite recomendado da EPA para a ingestão diária total de prata.

Ele utiliza o Cálculo Segurança Prata, uma fórmula matemática simples que permite a uma pessoa para determinar facilmente quanto a tomar de qualquer produto contendo prata para permanecer dentro das diretrizes de segurança.

A orientação EPA RfD é expressa em termos de microgramas de prata. Virtualmente todos os suplementos de prata, por outro lado, são marcados em termos de partes por milhão (ppm), que é a concentração de prata na água, não microgramas. Com o cálculo Segurança prata, basta ligar o seu libras de peso corporal ea ppm de prata em qualquer suplemento de prata que você está usando, e calcula os limites apropriados para você.

O cálculo Segurança prata é bastante simples: 12 vezes libras divididas por ppm é igual gotas por dia.

A pirâmide de Segurança prata fornece diretrizes para determinar limites de utilização segura das três perspectivas:

Uso diário

O uso a curto prazo

vida inteira

“Esta é uma informação útil para todos os interessados em usar a prata para a saúde,” Dr. Baird acrescentou. “Se as pessoas siga estas orientações, eles podem usar suplementos de prata mantendo-se totalmente confiante de que eles não estão se expondo a nenhum risco qualquer.”

VOCÊ PODE CALCULAR A MARGEM DE SEGURANÇA DE USO DIÁRIO, DE USO A CURTO PRAZO E A LONGO PRAZO ATRAVÉS DO LINK:

http://www.silversafety.org/autocalculator.php#one_daily

PORÉM, PARA SABER DENTRO DESSA MARGEM QUAL A QUANTIDADE EXATA PARA SEU CASO É PRECISO QUE VOCÊ PASSE POR UM DIAGNÓSTICO MÉDICO PARA DETERMINAR O VALOR CORRETO DE ACORDO COM SEU CASO.

O VALOR PESO DA CALCULADORA ESTÁ EM LIBRAS E VOCÊ PODE USAR UM CONVERSOR PARA SABER SEU PESO EM LIBRAS:

https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#q=converter%20libras%20em%20kg , CALCULAR E DEPOIS CONVERTER NOVAMENTE.

Fonte:http://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2009/02/07/new-guidelines-released-for-safe-usage-of-colloidal-silver-supplements.aspx