Mês: outubro 2015

Mentiras sobre a PRATA COLOIDAL

Postado em Atualizado em

Temos recebido muitas perguntas sobre a prata e comentários sobre prata coloidal comprada de pessoas que produzem, muitas vezes sem conhecimento profundo, então vai a dica de muitas informações que são mentira e podem por em risco a sua saúde e comprometer o resultado de seu tratamento.


– MINHA PRATA COLOIDAL É TRANSPARENTE E ME DISSERAM QUE FICA AMARELA COM O TEMPO, É VERDADE?

Mentira. Ou é amarela ou transparente. É amarela quando feita pelo método a quente que é o mais indicado pelo bioquímico Kephra porque é o método usado desde 1938 para produzir a verdadeira prata coloidal que é prata metálica carregada eletricamente, sem ganhar ou perder ion, não muda de cor como tempo e não decanta. É transparente quando feita pelo método a frio.

–  USEI ÁGUA DE TORNEIRA OU MINERAL PARA FAZER A MINHA PRATA, ISSO ALTERA EM ALGUMA COISA A QUALIDADE DA MINHA PRATA?


   Verdade. Isso pode alterar a qualidade da sua prata coloidal e até produzir outros sais de prata que podem acumular em seus órgãos e pele. A água da torneira possui diversos minerais e o cloro, no processo de eletrólise, pode a partícula de prata “colar” na do cloro e teremos cloreto de prata. Assim, também com a água mineral. Daí a importância da água não ter partículas de outros minerais.

Saiba que a água se auto ioniza: http://naturalsbrazil.blogspot.com.br/2014/08/por-que-usar-agua-sem-particulas-sem.html .

– A PRATA COLOIDAL CURA 650 PATOGENES OU TODAS AS DOENÇAS.


   Mentira. Há muitas doenças que não são curáveis com a prata porque não são provocadas por micro-organismos, porque há micro-organismos que não são sensíveis a prata  ou tem seu sistema respiratório diferente onde a prata não interfere se tornando resistentes a ela.

O seu sistema imunológico também interfere muito no tratamento, se deficiente ou não. A sua alimentação também.

– USEI PRATA DE MINHAS JÓIAS PARA FAZER A PRATA COLOIDAL É VERDADE QUE PODE?


    Jamais, pois a prata das jóias contem liga com outros metais para dar resistências a ela, como por exemplo, o cobre, estanho, níquel, etc Isso pode causar intoxicação seria por metal pesado.

A prata deve ser sempre a 1000 ou  999,9 que vem em grânulos e são moldados na forma de eletrodos.

TOMAR A PRATA COM MUITA PPM OU EM QUANTIDADE MAIOR VAI ME CURAR MAIS RÁPIDO.


    Mentira. Existe uma norma para uso da prata coloidal, não é a quantidade ou o número de ppm  altas que vão te fazer melhorar mais rápido. O que faz você melhorar é usar corretamente, mudar sua alimentação. A dose indicada é 1 ml a 25 ml de prata coloidal, de 15 a 20 ppm, de preferência pela manhã em jejum ou fracionada, para uma pessoa com média de peso de 70 quilos, mais ou menos peso deve ser calculado. A prata coloidal preferencialmente a amarela e quantidade vai variar conforme cada caso, sendo,  em média 1 ml para casos leves e 25 ml para HIV sintomático.

Feita em casa ou no laboratório por eletrólise simples a quente, dificilmente você conseguirá prata a 50ppm, transparente cor de canela, mas há como fazer. Mais que essas ppms, somente com adição de sais e ácidos e não é aconselhável, somente para profissionais habilitados.

– USO PILHAS DE 9 VOLTS PARA FAZER A PRATA COLOIDAL A FRIO.

    Você pode até usar, mas não é adequado, pois a Fonte de energia adequada é uma fonte de 24  a35 volts, de 10mA (miliampere) com corrente continua. A pilha pode apresentar variação de corrente conforme perde a carga.

Você deve perguntar o porque desa amperagem, certo? A amperagem pode ser até 0,5 A (ampere) que não haverá problema, porém as partículas serão coloides maiores. Se for 10 mA, elas ficarão na média de 1 a 15 nanômetros e serão absorvidas no estomago com efeito melhor para tratamento, evitando que entrem no intestino e causem algum dano na sua flora intestinal.

– POSSO MISTURA PRATA QUALQUER PRODUTO.

Não. A prata pode sofrer alteração ou pode alterar o produto químico ao qual for adicionada. É relativo e pode ou não dar certo. Ela,normalmente só pode ser misturada a extratos, essências e bases neutras e naturais, com algumas restrições para não mudar a cor e os resultados.

– POSSO SAIR NO SOL USANDO A PRATA?

Não. Bom evitar o contato da área onde você usou a prata coloidal líquida ou em gel com o sol, pois pode causar manchas na sua pele devido a oxidação da prata na presença da luz e do oxigênio.

Mais atenção ainda aos cremes e géis com pó de prata, nitrato, por serem partículas maiores mais perigo apresenta.

– GUARDO A PRATA COLOIDAL EM QUALQUER RECIPIENTE OU FRASCO NÃO OFERECE NENHUM PROBLEMA.

Mentira. Oferece problema, pois causará alterações na prata produzida, oxidando as partículas que mudarão de cor e decantarão na presenta da luz e do oxigênio, perdendo a eficácia. por isso a embalagem deve ser vidro ou PET para medicamento, âmbar e bem fechada.

–  PODE INALAR A PRATA E APLICAR VENOSA?

    Pode inalar a prata coloidal desde que a 15 a 20 ppm, sendo puro coloide, algumas gotas diluídas em água destilada e em casos necessários, de preferência sob orientação médica.

Aplicar venosa nunca, pois todos que tem bom senso, sabem que o que é aplicado venoso deve ser produzido em ambiente estéril sobe um controle rigoroso de higiene e qualidade. Aplicar dessa forma a prata coloidal produzida em casa ou não estéril pode acarretar sepse no sangue e levar a morte. É de extrema irresponsabilidade fazê-lo.

– COMO SEI QUE NÃO VOU FICAR AZUL OU CINZA (ARGYRIA)?

Se tomar a verdadeira prata coloidal na dosagem correta para seu caso, se não expor a pele diretamente ao sol quando aplicada local, não ficará azul, nem cinza e a prata coloidal será eliminada totalmente do seu organismo em 3 dias.

90% dos casos de Argyria são causados por ingestão de nitrato de prata, ou seja, prata feita com fonte configurada errada, com água inadequada e tomada sem restrição por longos períodos: http://naturalsbrazil.blogspot.com.br/2015/07/como-acontece-temida-argyria-que-tanto.html.

Se você for alérgico a prata apenas apresentará empolacão, interrompendo o uso, desapare.

Não existe caso de morte com o  uso da prata coloidal verdadeira em todo mundo, apenas casos de gente irresponsável fazendo o quer.

– USEI A PRATA NOS MEUS ANIMAIS, NÃO CAUSA PROBLEMA NENHUM.

    Mentira. Pode causar danos e até a morte, pois há animais extremamente alérgicos e seu organismo reage de forma violenta causando choque anafilático e a morte d animal, por isso cuidado ao usar a prata ingerida em animais, Deve-se fazer um teste na pele antes e calcular a dose conforme o peso e o caso. Geralmente, doses menores e fracionadas durante o dia, associadas conforme as doenças com complexos vitamínicos.

A prata coloidal é excelente quando ingerida, para a cura de infecções e para a cura da CINOMOSE, micoses. na pele não há restrições, principalmente em gel e sabonete associados, eliminando o TVT (doença sexualmente transmissível) em até 10 dias de uso, sem quimioterapia. Acelera a cicatrização na pele.

Borrifada nos locais onde o animal dorme e nos pelos, faz controle dos ovos de pulgas, carrapatos e pequeno parasitas, pois ela elimina os ovos deles.

– POSSO USAR TRANQUILAMENTE EM CRIANÇAS.

   MENTIRA. o uso via oral, em crianças, deve ser feito em casos graves e com acompanhamento do pediatra, pois não há estudos sobre, sendo que a criança está em fase de desenvolvimento. Há um estudo em ratos que diz que a prata afetou a célula reprodutora (espermatozoides) desses ratos, por isso, na duvida, somente se necessário.

Na pele, como sabonete ou em verrugas não há problemas por ser baixa dosagem e limitada.

MINHA PRATA AMARELA MUDOU DE COR COM O TEMPO OU DECANTOU.

   Não é normal, pois a prata coloidal verdadeira, não muda de cor, mesmo que meses armazenada e não decanta. Pode ter sido algum problema na produção, alteração de corrente, qualidade da água, alteração de temperatura, armazenamento. Muito cuidado, se acontecer dispense a prata e faça outra, procure orientação.

Dúvidas pergunte: naturalsbrazil@naturalsbrazil.com.br